-

Perfil:
Idalino Abelardo De Freitas


Arquivos:

Amigos (0)::


fecientifica
08/04/2011 às 15:55

Voltando ao assunto anterior, vendo na tv uma reportagem tenebrosa sobre um infeliz desequilibrado e pertubado, que invadiu uma escola e matou a tiros onze crianças e adolescentes, que estavam nas salas de aulas e feriu mais dezoito, sendo quatro gravemente feridos. a tragedia poderia maior mas a pronta açao de um policial que atirou ferindo a infeliz criatura, que voltando a arma contra a propia cabeça apertou o gatilho e cometeu o suicidio. encontraram com o pobre infeliz uma carta que entre outras coisas escreveu que seu corpo deveria ser purificado, depois envolto em um lençol branco e deveria ser enterrado ao lado de sua mae. depois se referindo aos familiares que iriam se apossar da casa, que deveriam orar por ele a Deus pedindo que o perdoasse, e pedissem a Jesus que o despertasse do sono da morte, no dia da ressurreiçao, para a vida eterna. o pobre coitado acreditava nesse suposto sono depois da morte do cerebro, que so iria ser acordado na suposta ressurreiçao, onde uns seriam arrebatados para o ceu e outros lançados para o inferno de fogo eterno queimando o rabo das pobre criaturas pela eternidade a fora. pelo amor de Deus, como e que podem insinar semelhante absurdo a essas pobre pessoas, e como e que as pessoas podem acreditar em semelhante absurdo. Deus e amor, e Deus por ser amor perdoa sempre, mas o perdao de Deus nao e sinonimo  de impunidade, como muita gente pensa, porque Deus tambem e justiça, e da a cada um segundo seu merecimento, nada mais justo e verdadeiro do que isso. Deus e bondade, porque da a cada um segundo seu merecimento, sem preferencias, sem privilegios, sem preconceitos e sem discriminaçoes, portanto sem injustiças,porque Deus nao poderia ser amor, sem ser bom e justo, como nao poderia ser bom, sem amor e justiça,como nao poderia ser justo, sem amor e bondade. temos o livre arbitrio, portanto somos reponsaveis por tudo aquilo que pensamos, que falamos e que fizemos, tudo gera conseguencias boas ou mas, dependendo de nossas açoes. temos que resgatar nossas dividas com a justiça divina e a reparaçao dos nossos erros, so assim vamos evoluindo ate alcançarmos a perfeiçao. porque com a certeza da impunidade ninguem se importaria em se corrigir nem em se melhorar e consequentemente nao evoluiriamos. sera que aquele pobre infeliz acreditava que teria a felicidade eterna e que seria principe no paraiso de Deus? cometendo toda essa atrocidade? toda essa monstruosidade?



Comentários



Comentar post:

Nome/Apelido:


Email:


Comentário:



Não foi encontrado nenhum comentário!