-

Perfil:
Idalino Abelardo De Freitas


Arquivos:

Amigos (0)::

POSTS

fecientifica
31/05/2011 às 20:40

Voltando ao assunto anterior, a mente e desenvolvida no cerebro, mas depois de desenvolvida, ela assume o comando, e se torna o operador e o cerebro o computador. o operador so pode operar corretamente, se o computador estiver funcionando bem. qualquer defeito no computador e o operador nao consegue operar corretamente. quando o cerebro esta saudavel e perfeito, a mente comanda tudo perfeitamente. mas quando o cerebro esta doente ou com algum defeito, por um problema qualquer, a mente nao consegue comandar corretamente. Men sana in corpore sano. quando o cerebro adoece ou sofre um acidente e fica com sequelas, ele se torna deficiente, mas a mente nao e atingida nem pela doença, nem pelo acidente, a mente continua perfeita, mas age como se estivesse deficiente. a mente sendo energia psiquica, e indestrutivel e eterna, nada pode atingi-la ou destrui-la, so a propria mente pode se prejudicar a si propria. o elemento de que e constituida, e o elemento basico do universo, toda materia organica ou inorganica, toda vida material ou antimaterial, todo universo e tudo que existe nele, tudo e transformaçao desse elemento, que e eterno.



Comentários



fecientifica
30/05/2011 às 22:22

Voltando ao assunto anterior, Quando o ser Mental, evolui por algum tempo no universo antimaterial, ele tem que testar ou provar, esta evoluçao. naturalmente, a prova e no universo material, sua encarnaçao e feita por laços de energia, quando dois campos de energia opostos, sao aproximados, eles se atraem atravez de suas linhas de força ate o ponto critico de interaçao, quando ficam presos um ao outro. ja e do conhecimento da ciencia, que todo corpo material ou antimaterial, tem ao redor de si, um campo de energia ou campo eletromagnetico, quando esses campos de energia sao ativados, se tornando instaveis, e sendo eles opostos, quando aproximados, se atraem. assim acontece quando aproximam a mente do ser Mental, do pequeno cerebro, onde ela vai encarnar,seus campos de energia se atraem ate o ponto critico de interaçao, mente e cerebro, ficam unidos por toda aquela existencia. começando uma nova existencia, onde o cerebro vai desenvolver uma nova mente, que sera a personalidade consciente desse novo ser humano. a mente encarnada passa a ser o inconsciente do novo ser humano. no final da existencia, quando o ser humano desencarna, as duas mentes se unem, formando um ser Mental, mais evoluido. as mentes que vao se formando nas existencias futuras ate a perfeiçao, serao todas absorvidas pela mente original.



Comentários



fecientifica
29/05/2011 às 16:19

Voltando ao assunto anterior, o merecimento e o nascer de novo, Jesus falando a nicodemos: Digo-te em toda verdade, a menos que nasças de novo, nao poderas entrar no reino dos ceus, ou de Deus, Nicodemos disse-lhe:como pode um homem nascer, sendo velho? sera que pode entrar  pela segunda vez na madre de sua mae e nascer? Jesus respondeu: eu te digo em toda verdade: a menos que nasças da agua e do espirito, nao poderas entrar no reino de Deus. o que tem nascido da carne e carne, e o que tem nascido do espirito e espirito. nao te maravilhes por eu te dizer: vos tendes de nascer de novo. o vento sopra para onde quer, e ouves o som dele, mas nao sabes donde vem e para onde vai. assim e todo aquele que tem nascido do espirito. Jesus ensinou o ''nascer de novo', nao ve quem nao quer, ele ensinou o nascer da agua e do espirito, que o batismo do arrependimento, de Joao batista. mas depois continuou: o que nasce da carne e carne, ou seja, o corpo nasce do corpo, e o que nasce do espirito e espirito, ou seja, o espirito provem do espirito. ele separou a carne ou o corpo, do espirito, dizendo para aquele jumento do Nicodemos, que nao precisava ele entrar na madre da mae, que quando chegasse a epoca de nascer de novo ele encarnaria num corpo novo. outra prova que Jesus ensinou  o nascer de novo, quando falando sobre Joao batista disse: mas desde os dias de Joao batista ate agora, o reino dos ceus e conquistado pela espada, e os violentos se apoderavam dele. pois todos os profetas e a lei, profetizaram  ate Joao; e se quiserdes saber, ele mesmo  e o Elias, que havia de vir. escute os que tem ouvidos de ouvir. Jesus falou desde o tempo de Joao batista, quando  Joao batista estava vivo e preso, esse desde o tempo de Joao batista, ele estava se referindo ao tempo de Moises.Jesus sutilmente estava dizendo: que o espirito que animou Moises, e depois Elias, era o mesmo que animava Joao batista, olha ai o nascer de novo. mas ai diriam que e reencarnaçao, nao , nao e mesmo, no nascer de novo, o ser Mental  nao encarna em animais, o ser Mental so encarna no bio-tipo humano.



Comentários



fecientifica
28/05/2011 às 21:37

Quando o ser Mental nasce de novo, num novo corpo, o corpo pode ser novo, mas o ser que o habita nao e novo, muito pelo contrario, torno a dizer, onde voce ver uma aparente injustiƧa, acredite, ali esta havendo a aƧao da justiƧa divina.

Comentários



fecientifica
28/05/2011 às 21:26

Voltando ao assunto anterior, Paulo de Tarso tambem ensinou a lei do merecimento quando disse: de Deus o homem nao escarnece, tudo que ele semear, tera que colher, a semeadura e livre, mas a colheita e obrigatoria, ou seja, o merecimento pela semeadura, quem semear o bem, colhera o bem, porque tera o merecimento do bem. quem semear o mal, colhera o mal, porque tera o merecimento do mal, a semeadura e livre, porque temos o livre arbitrio, mas a colheita e obrigatoria, porque e a açao da justiça divina. Paulo de Tarso pela opiniao humana dele ensinou o imerecimento, pela famigerada graça imerecida, mas pela intuiçao divina, ensinou o merecimento, e tambem ensinou a mais bela definiçao do amor ja escrita. krishna e Buda, ensinaram o merecimento pela açao, ou seja, toda açao, desenvolve uma reaçao em sentido contrario, e mais tarde ou mais cedo, vem o choque de retorno. quando a açao, e boa, a reaçao tambem sera boa, mas se a açao for ma, a reaçao tambem sera ma. Moises tambem ensinou o merecimento quando disse: olho por olho e dente por dente, a pena de taliao, aquele povo cabeça dura,pensaram que era  o direito a vingança, e pressionaram Moises a dar  a eles o direito a vingança. mas o olho por olho e o dente por dente, quer dizer que o ser humano sofre , naquilo que faz o seu semelhante sofrer, mas o ser humano se beneficia, na medida em que beneficiar o seu semelhante, ou seja, o merecimento pela açao. Maome tambem ensinou o merecimento quando disse: voce so sera um iluminado, quando fizer a alguem, aquilo que gostarias  que alguem te fizesse, ou seja, o merecimento pela reciprocidade, a reciproca precisa ser verdadeira. negar a lei do merecimento, e negar todos os profetas, o ser humano egoisticamente, quer fazer o mal e receber o bem, isso nunca acontecera na justiça divina, que da a cada um segundo seu merecimento. a justiça divina age com amor, ela da oportunidade do ser humano, resgatar suas dividas pelo amor, se o ser humano praticar o bem e a caridade, ajudando e servindo os seus semelhantes necessitados, sendo fraternos e solidarios, sendo tolerantes e perdoando sempre, o ser humano vibrando e obrando no amor, resgatara suas dividas pelo amor, mas se vibrar e obrar  no desamor, sendo egoista, resgatara suas dividas pela dor. torno a dizer, onde voce ver uma aparente injustiça, acredite, ali esta havendo a açao da justiça divina, para manter a harmonia universal, e nunca se esquecendo do Nascer de Novo, que Jesus ensinou.



Comentários



fecientifica
27/05/2011 às 20:29

Voltando ao assunto anterior, Jesus ensinou a lei do merecimento quando disse: que Deus da a cada um, segundo suas obras, mas afinal o que sao obras? obras, sao tudo aquilo que pensamos, que sentimos, que falamos e tudo aquilo que fizemos, ou seja, meritos ou demeritos, se for meritos, teremos o merecimento recompensatorio, mas se for demeritos, teremos o merecimento corretivo. a cada um segundo suas obras,  e equivalente, a cada um segundo seu merecimento. se vibrarmos e obrarmos no amor, respeitando e obedecendo a lei do amor, somamos meritos a nosso favor, mas se vibrarmos e obrarmos no desamor, desobedecendo e transgredindo, a lei do amor, somamos demeritos contra  nos mesmo. Jesus tambem ensinou a lei do merecimento quando disse: faças aos outros, o que gostarias que os outros te fizessem, ou seja, o merecimento pela reciprocidade, a reciproca precisa ser verdadeira, se voce quer ser amado, aprenda a amar o teu semelhante, se voce quer ser respeitado, aprenda a respeitar o teu semelhante, se voce quer ser perdoado, aprenda a perdoar o teu semelhante, faça o bem, e receberas o bem, mas se fizeres o mal, receberas o mal, ou seja, se matares seras morto, se roubares seras roubado, se estrupares seras estrupado, se maltratares seras maltratado, e dai por diante. o ser humano sofre, naquilo que faz sofrer o seu semelhante, mas o ser humano se benefecia, na medida em que beneficiar o seu semelhante, ou seja, a cada um segundo seu merecimento, nada mais justo do que isso. so assim o ser Mental pode evoluir, porque se ele ficar impune, ele nao vai se corrigir, nem se melhorar, mas se ele for punido, vai se esforçar para se corrigir e se melhorar, e naturalmente evoluir.



Comentários



fecientifica
26/05/2011 às 20:58

Jesus, Paulo de tarso,Buda,Moises,Maome e todos os profetas de todos os tempos e de todas as religioes, ensinaram a lei do amor e a lei do merecimento, cada um a sua maneira e conforme a sua epoca. nos proximos posts continuarei as explicaƧoes.

Comentários



fecientifica
26/05/2011 às 20:46

Merecimento, lei eterna e imutavel de Deus, lei justa e verdadeira, porque fora do merecimento, o que existe e: privilegios, mordomias,preferencias egoistas, imerecimento ou graça imerecida, preconceitos, discriminaçoes e todos os interesses mesquinhos, enfim, toda sorte de injustiças. O ser Mental ou homem antimaterial, tem que evoluir, no sentido intelectual, sentimental e moral, Jesus nos deu o amor como regra universal de comportamento, qualquer transgreçao a regra do amor, ficamos sob a açao da lei do merecimento, que e a justiça divina. entao se o ser humano matar o seu semelhante, ele transgrediu a regra do amor e a lei que Deus deu a Moises que dizia: nao mataras. se o ser humano roubar  alguma coisa de seu semelhante, transgrediu a regra do amor, e a lei que Deus deu aMoises que dizia: nao roubaras. pela lei do merecimento ou da justiça divina, o ser humano sofre, naquilo que fez o seu semelhante sofrer, mas tambem pode se beneficiar, naquilo que beneficiar o seu semelhante, o ser humano tem a inteligencia e o livre arbitrio, para respeitar e obedecer a lei ou transgredi-la, a opçao e dele, depois nao pode reclamar das consequencias. entao, se o ser humano matou o seu semelhante numa existencia, quando  nascer de novo, numa outra existencia, correra o serio risco de tambem ser morto; se ele roubou, correra o serio risco de ser roubado, se ele estrupou, correra o serio risco de ser estrupado, se ele maltratou, correra o serio risco de ser maltratado, se ele de alguma forma prejudicar o seu semelhante, correra o serio risco de ser prejudicado naquilo que prejudicou. nada acontece por acaso, tudo tem um sentido e um porque, onde aparentemente ha uma injustiça, na realidade ali esta a açao da justiça divina, dando a cada um segundo seu merecimento, para manter a harmonia universal. a lei do merecimento, sem o nascer de novo, que Jesus ensinou, fica incompleta, com o nascer de novo  ela se completa e e justificada.



Comentários



fecientifica
18/05/2011 às 15:52

Voltando ao assunto anterior, durante a sua missao, Jesus foi aos pouco revelando o verdadeiro Deus quando disse: que Deus e Amor, que e caridade, que e bondade, que e misericordia, que e perdao e que e justiça, porque da a cada um segundo o seu merecimento. Jesus disse: amai a Deus, sobre todas as coisas, e ao proximo, como a si mesmo, isso e toda a lei e os profetas; ele quis dizer que Deus e amor, e quer que aprendamos a amar, e tambem nos deu o amor como parametro,ou seja, tudo que esta escrito nos livros sagrados de todas as religioes, que nao tiver por base o amor, nao e de Deus , nem dos profetas por inspiraçao divina, e opiniao pessoal deles, ja que eles eram seres humanos, tinham naturalmente a opiniao humana deles, e passaram para os livros. por isso e importante separar o humano do divino. Jesus tambem mandou um recado para o futuro, ja que ele nada escreveu, tudo que escreverem em meu nome, que nao tiver por base o amor , nao foi eu quem falou, nem foi eu quem fez.  Jesus tambem disse: sede vos perfeitos, como e perfeito o vosso pai que esta no ceu; com isso , Jesus disse que Deus e perfeito, que nao e aquele Deus cheio de defeitos, que Moises revelou, mas que Deus e a perfeiçao Absoluta. Jesus tambem disse: sede vos bons, com e bom Deus, que faz com que o sol, ilumine bons e maus, e que a sua chuva caia sobre justos e injustos, Jesus nos deu o exemplo material do sol e da chuva, para nos dizer que Deus derrama suas graças divina, que sao suas vibraçoes de amor, sobre todo o universo, e sobre todos os seres que nele vivem, sem distinçoes, sem preconceitos e sem discriminaçoes. portanto, as graças de Deus sao gratuitas, mas sao merecidas, porque os seres humanos tem que vibrarem e obrarem no amor, e entrarem em sintonia com Deus, atraindo suas graças divina.



Comentários



fecientifica
17/05/2011 às 20:20

De novo peƧo desculpas pelos erros, onde deveria escrever antropomorfico,escrevi antropoforfico, tambem peƧo desculpa porque o blog esteve fora do ar, por alguns dias, nao sei porque, mas deixa isso pra la.

Comentários



fecientifica
17/05/2011 às 20:12

Voltando ao assunto anterior, Deus e a perfeiçao Absoluta, isso quer dizer que Deus, nao tem o menor resquicio de imperfeiçoes ou defeitos, quem tem defeitos e o ser humano. Portanto, esse 'Deus', que as religioes adotaram, com virtudes e defeitos, e um Deus humano, criado a imagem e semelhança do homem, um Deus antropoforfico. Moises revelou um Deus durao, que amava e odiava, que perdoava e se vingava, que era bom, mas castigava, que era pacifico, mas era o senhor dos exercitos, e que era justo, mas discriminava preconceituosamente. na realidade Moises revelou um Deus a imagem e semelhança do homem, por força das circunstancias, foi so Moises subir a montanha, e aquele povo foi adorar um bezerro de ouro. ele sabia que o messias quando viesse revelaria o verdadeiro Deus, e foi isso o que Jesus fez.



Comentários



fecientifica
06/05/2011 às 17:20

Voltando ao assunto anterior, Esses pobres coitados que usam cabresto religioso, que so seguem a parte humana de seus livros sagrados, que escutam esses religiosos cabeças de bagre, que so ensinam a parte humana de seus livros sagrados, como se fosse de Deus, sao cegos conduzindo cegos. induzindo esses pobres coitados, a ideias  preconceituosas e discriminadoras, alimentando o odio na mente dessas criaturas, fomentando conflitos, violencias e guerras. Alziro Zarur dizia que: o maior criminoso do mundo, e aquele alimenta o odio no coraçao das pessoas, em nome  de Deus, que e Amor. esses pobres coitados cometem crimes terriveis, pensando que estao agradando a Deus, eles acreditam que  quando passarem pelo fenomeno da morte biologica, encontraram a recompensa de Deus pelos crimes cometidos, que especie de Deus essas criaturas acreditam? um Deus humano? sim, um Deus criado a imagem e semelhança do homem, com virtudes e defeitos, que ama e odeia,  que recompensa o mal feito com a bem-aventurança, so que esses pobres coitados acreditam num Deus que nao existe. o verdadeiro Deus , e o ser absoluto, cuja essencia e o Amor, a bondade, a caridade, a misericordia, o perdao e a justiça, porque da a cada um segundo seu merecimento, como dizia Jesus: um Deus que faz com que, o seu sol ilumine a todos bons e maus, e a sua chuva caia sobre justos e injustos, sem preconceitos e sem discriminaçoes; sedes vos perfeitos, como e perfeito o vosso pai que esta no ceu, dizia Jesus.   Deus e a perfeiçao A bsoluta.



Comentários



fecientifica
05/05/2011 às 17:09

Voltando ao assunto anterior, porque existem tanto materialistas? porque tantas descrenças? porque no mundo existem pessoas que nao aceitam imposiçoes e nem cabresto religioso. outras pessoas sao descrentes porque nao compriendem as aparentes injustiças, que existem no mundo, se compriendecem a lei do merecimento, cuja açao e a justiça, que da a cada um segundo seu merecimento, e o nascer de novo, que Jesus ensinou.comprienderiam que a justiça divina abrange todo o universo, que nao existe impunidade em nenhuma parte do universo, que nada acontece por acaso, que tudo tem um sentido e um porque. que tudo faz parte desse movimento universal chamado evoluçao, que tudo e todos tem que evoluir, para a harmonia universal. onde aparentemente tem uma injustiça, ali esta havendo a açao da justiça divina, porque as pessoas so analisam  a atual existencia, esquecem que o ser Mental depois de evoluir na dimensao antimaterial, tem que provar essa evoluçao, nascendo de novo, onde ele vai resgatar dividas e reparar erros. a menos que voce, acredite no pecado original, o que e um absurdo, porque o pecado original atinge a uns e privilegia a outros, o que seria uma injustiça,onde existe discriminaçao, existe injustiça. Deus e amor, e bondade e e justiça, porque da a cada um segundo seu merecimento, e e bom que acreditem nisso, porque a justiça divina agira em qualquer parte do universo, para manter a harmonia universal. porque Deus formou o unverso, sob um sistema de leis e forças, e qualquer dessas leis e forças, que forem transgredidas ou desrespeitadas, tem que haver reparaçao. Deus e amor, mas o perdao de Deus nao e sinonimo de impunidade, como muitos gostariam que fosse, Deus perdoa sempre, mas o perdao de Deus , vem em forma de luz e paz, e se o ser humano estiver realmente arrependido, ele mesmo vai pedir uma oportunidade para resgatar suas dividas, e reparar os seus erros, para ficar com sua consciencia limpa e em paz. . o resto e conversa mole para fazer tolo dormir.



Comentários



fecientifica
04/05/2011 às 17:23

Voltando ao assunto anterior, vamos encarar a realidade, temos um cerebro, isso e real, desenvolvemos uma mente nele, isso tambem e real, como dizia o filosofo: penso, logo existo, e quem pensa? o cerebro e a Mente nele desenvolvida, isso tambem e real e concreto. a nossa realidade e o desenvolvimento dessa Mente, porque alma ou espirito, sao coisas abstratas e ficticias, que voce pode acreditar ou nao que exista. mas o cerebro e a Mente, e real e concreto, e um fato cientifico, converse com um neurologista, quanto a Mente, converse com um psiquiatra ou psicologo, que eles vao confirmar, que desenvolvemos um centro de atraçao que e o nosso Ego central ou Eu interior; e com o centro de atraçao desenvolvemos a força egocentrica, que e força de atraçao da periferia para o centro. e tudo que tem um centro de atraçao desenvolve a forma esferica. com a força egocentrica em açao, e desenvolvida a força excentrica, que e a força de repulsao do centro para a periferia. entao, durante a nossa vida desenvolvemos essa Mente esferica de energia psiquica, isso tambem e real e concreto. sabemos tambem que esse centro de atraçao, e as forças antagonicas, sao o segundo fator coesivo  que individualiza e perpetua a existencia da nossa Mente, depois da morte do cerebro, isso tambem e real e concreto e cientifico.



Comentários



fecientifica
02/05/2011 às 16:50

desculpe pelas falhas desse ultimo post, e que houve problemas no inserir, as vezes esqueƧo palavras ou letras, ou troco letras, mas tirando esses problemas, o importante e a mensagem.

Comentários



Fe Cientfica
02/05/2011 às 16:35

Voltando ao assunto anterior, sem esse fator coesivo, a mente nao poderia existir sem o cerebro, e nos somos mentes, somos seres mentais, nada mais do que isso, mas diriam as religioes, que somos almas ou que somos espiritos; mas na realidade somos mesmos e seres mentais, como dizia o filosofo: penso, logo existo, e quem pensa? por acaso nao e a mente juntamente com o cerebro? almas ou espiritos sao ficçoes, que as religioes inventaram para alimentar a fe cega, sao seres ficticios e abstratos, que assombram a nossa fe. a nossa realidade e o cerebroVoltando ao assunto anterior, sem esse fator coesivo, a mente nao poderia existir sem o cerebro, e nos somos mentes, somos seres mentais, nada mais do que isso, mas diriam as religioes, que somos almas ou que somos espiritos; mas na realidade somos mesmos e seres mentais, como dizia o filosofo: penso, logo existo, e quem pensa? por acaso nao e a mente juntamente com o cerebro? almas ou espiritos sao ficçoes, que as religioes inventaram para alimentar a fe cega, sao seres ficticios e abstratos, que assombram a nossa fe. a nossa realidade e o cerebro e a mente nele desenvolvida, isso e real, e racional e cientifico, qualquer duvida , consulte um neurologista, um psiquiatra ou um psicologo, procure saber se realmente desenvolvemos uma mente cerebral, e se nessa mente aum Eu interior ou Ego central,e se esse Ego central desenvolve um centro de atraçao, e se esse centro de atraçao desenvolve uma força de atraçao da periferia para o centro, que e a força egocentrica, e que essa força de atraçao desenvolve uma força de repulsao do centro para a periferia, que seria a força excentrica. os neurologistas estudam o cerebro e os neuronios, os psiquiatras e os psicologos estudam a mente ou a alma,estudam na realidade o nosso psiquismo ou psicologico, nossas açoes e reaçoes e nosso coportamento. pergunte, uma ves comprovado que temos uma mente , e que temos um centro de atraçao ou Eu interior, e que temos forças antagonicas agindo na nossa mente, e que esse centro de atraçao e essas  forças antagonicas, formam o segundo fator coesivo, que individualiza e perpetua a existencia da nossa mente, apos a morte do cerebro.



Comentários